Wanderley Cardoso

O eterno ídolo da Jovem Guarda, Wanderley Cardoso, aceitou o repentino convite do Rubi e virá substituir e homenagear seu amigo e parceiro Jerry Adriani, que faria show nos dias 10, 11 e 12 de março, às 20h30, mas que está hospitalizado e, embora sem maior gravidade, está impedido, por ordem médica, de cumprir seu compromisso com o Rubi.

Wanderley, que já tinha uma festa agendada no Rio de Janeiro para  comemorar seu aniversário no dia 10, em função do ocorrido cancelou o evento e fez questão de vir homenagear o amigo e, também, comemorar 50 anos de carreira e 72 de idade na companhia dos fãs baianos. Os shows serão nos mesmo dias e horários que seriam originalmente de Jerry – 10, 11 e 12 de março, às 20h30 .

Neste espetáculo, Wanderley está também de volta às origens. Como parte das comemorações de 50 anos de carreira, o eterno “bom rapaz” apresenta, além dos grandes sucessos da época da Jovem Guarda, canções do álbum de gravações inéditas, em que revisita sucessos da música italiana. Entre as canções, destacam-se as imortais O Sole Mio, Roberta e Volare.  Wanderley também divide os vocais nas músicas Caruso e Io Che Non Vivo Senza Te com a cantora Day Cardoso.

A homenagem à Jovem Guarda, movimento que marcou época no cenário da música brasileira, e do qual Wanderley é, sem dúvida, um dos mais expressivos expoentes, é um dos momentos mais aguardados e emocionantes do espetáculo.

Carreira – Com 10 anos de idade, Wanderley já participava de programas infantis, como “Clube do Papai Noel”, “Grêmio do Sesinho” e “Gincana Kibon”. Com 12, foi convidado para participar do LP “Brincando de Escola”. Produzido por Mario Zan, este foi seu primeiro trabalho como profissional. Cantando a música “Canção do Jornaleiro”, vendeu 50 mil cópias.

Em 1965, foi contratado pela gravadora Copacabana Discos. Lá, gravou seu primeiro compacto com as músicas “Rosana” e “Deu a Louca no Mundo”. No ano seguinte, gravou seu primeiro sucesso: “Preste Atenção”, consagrando-se em todas as paradas musicais do país. Era o empurrão que faltava para impulsionar sua carreira.

Seguiram-se então sucessos como: “Abraça-me Forte”, “Meu Amor Brigou Comigo”, “Te Esperarei”, “Promessa”, “Doce  de Coco”, “O Pic-Nic”, “Socorro Nosso Amor Está Morrendo”, “Baby Eu Te Amo”, “História de Amor”, “Fale Baixinho”, “Minha Namorada” e “Se Ela Voltar”. Gravado em 1967, “O Bom Rapaz” é o maior sucesso de sua carreira, já tendo sido vendidas, até hoje, mais de seis milhões de cópias.

Hoje, sua discografia conta com 87 lançamentos entre compactos, LPs e CDs. Além das participações em CDs da Jovem Guarda e no DVD “Jovem Guarda Para Sempre”, que foi lançado em 2005. O sucesso internacional veio com LPs na Argentina, Chile, Venezuela e em Portugal, onde já esteve várias vezes em primeiro lugar nas paradas de sucesso.

Serviço

O quê: Wanderley Cardoso
Quando: 10, 11 e 12/3 (sexta, sábado e domingo)
Horário: 20h30
Onde: Café-Teatro Rubi – Sheraton da Bahia Hotel
Quanto: Couvert artístico = R$ 120,00

Compra

Bilheteria: Café Teatro Rubi – Sheraton da Bahia Hotel
Tel: (71) 3013-1011
2ª a sábado, das 14h às 19h (em dias de apresentação, até às 20h30)
Site: www.compreingressos.com
Call Center: (71) 2626-0032