Vania Abreu – Amores ao Piano e Violoncelo

A cantora baiana Vania Abreu reuniu inúmeras canções que falam de amor para o show “Amores ao Piano e Violoncelo” que a artista apresenta nos dias 12 e 13 de junho, às 20h30, em comemoração ao Dia dos Namorados, no Café-Teatro Rubi, Wish Hotel da Bahia.

Com formação de voz, piano e violoncelo, o show está recheado, também, de poesias de Adélia Prado, Manoel Bandeira, Pablo Neruda, Ferreira Gullar, Paulo Leminski e Alice Ruiz.

No repertório, canções como “Quizas, Quizas, Quizas”, de Osvaldo Farrés, “O Amor Foi Inventado”, de Tenison Del Rey, Gerson Guimarães e Jorge Zarath, “Alcaçuz”, de Chico César, “Yaô Sun”, de Péri e Aninha Franco, e sucessos de sua carreira, como “As Quatro Estações”, “Bem ou Mal”, “Pra falar de Amor”, “Dó de mim”, dentre outros. “Usarei da canção, da poesia e da arte para lembrarmos da beleza do amor profundo”, declara Vania.

No palco, a intérprete será acompanhada por Marquinho de Carvalho ao piano e Suzana Kato ao violoncelo. Os arranjos são de João Cristal e a direção artística, da própria Vania. As músicas estão repletas da melhor musicalidade brasileira contemporânea, mas com um certo sabor  “barroco”.

Vania tem confirmado ser uma intérprete que mistura autores consagrados com novos, sempre com o desejo de que se possa, cada vez mais, sentir de novo a essência do que nos faz humanos.

História – A cantora baiana tem dez discos de carreira: Vania Abreu (1995); Pra Mim (1996); Seio da Bahia (1999), Eu Sou a Multidão (2003), Pierrot e Colombina (2006), parceria com seu marido Marcelo Quintanilha; Misteriosa Dona Esperança (2007); Flor da Bahia (2010) e Antes de Hoje (2017), contando com os singles Dó de Mim (2007) e Meu Sotaque (2018) em formato digital.

Vania produziu o CD do sambista Riachão, Mundão de Ouro (2012), indicado ao Prêmio da Música Brasileira 2013. Em 2013, assumiu a direção artística do Selo Friends Music, pelo qual produziu e lançou o grupo Os Marchistas, Não Sei Se Te Contei (EP da cantora Thathi), Eu Inteiro Só (de Marcelo Quintanilha) e o CD Lázaro, do cantor baiano Jauperi (produzido em parceria com o Maestro R. Petreca). Este último foi indicado na lista dos melhores discos da América Latina de 2015 pelo site zachary-jones.com.

Recentemente, mostrou seu lado escritora com o lançamento do livro infantojuvenil Eu e Meu Lugar, para a coleção Eu Vim da Bahia, onde conta a história do compositor Riachão, e está escrevendo mais dois livros, outro infantojuvenil, ainda sem título, e um de ficção, Aedos.

Serviço

O quê: Vania Abreu – Amores ao Piano e Violoncelo             
Quando: 12 e 13/6 (quarta e quinta)
Horário: 20h30
Onde: Café-Teatro Rubi
Quanto: Couvert artístico – R$ 100

Compra

Bilheteria: Café-Teatro Rubi – 71 3013.1011
segunda a sábado, das 14h às 19h (em dias de apresentação, até às 20h30)
Vendas onlinehttps://couvertartistico.cafeteatrorubi.com.br/